Dicas

Como comprar o primeiro imóvel? Dicas valiosas!

A compra do primeiro imóvel é a realização do sonhos para milhares de pessoas, e essa é uma decisão que sempre está carregada de expectativas.


A compra do primeiro imóvel é a realização do sonhos para milhares de pessoas, e essa é uma decisão que sempre está carregada de expectativas. Normalmente, ela acontece quando o casal está iniciando sua vida à dois, ou a conquista da liberdade para os jovens.

E ainda existem aqueles que buscam um investimento à longo prazo, como a compra do imóvel para futura locação. Mas independente do motivo, é sempre uma decisão muito importante e que deve ser feita com total atenção e dedicação.

Antes de decidir pela compra, o melhor a fazer é controlar os impulsos, e encontrar as melhores oportunidades de compra, e essas oportunidades só aparecem depois de muita pesquisa e negociação.

Por isso, para conseguir te orientar melhor nesse momento tão importante da sua vida, separamos algumas dicas valiosas! Confira aqui.

05 dicas incríveis para comprar o primeiro imóvel!

Para que você consiga fazer uma excelente compra do seu primeiro imóvel, confira as dicas que separamos para você!


1.    Repense o momento da decisão de compra

São inúmeros os pontos que devem ser considerados no momento da decisão de comprar um imóvel, é importante que você avalie como está sua vida, a estabilidade do seu emprego, situação familiar entre outros.

Falando em uma casa própria, é um investimento grande, e que necessita de planejamento, são diversos detalhes que você precisa levar em consideração, como:

·         Localização;

·         Tamanho;

·         Situação familiar;

·         Planos futuros;

·         Estabilidade financeira.


Todos esses pontos devem ser colocados na balança antes de fechar pela decisão da compra de um imóvel!



2.    Imóvel usado ou novo?

Se você está considerando a hipótese de adquirir um imóvel usado, saiba que é possível encontrar excelentes ofertas nas duas situações. Mas caso necessite de um imóvel para morar com urgência, a melhor opção é um imóvel usado.

Contudo, se puder aguardar um pouco, a melhor ideia é comprar um imóvel ainda na planta, os valores são mais acessíveis e oferece mais vantagens! E ainda tem a vantagem de um imóvel novo ser mais moderno do que um imóvel usado. Por isso, essa é uma opção que acaba sendo mais atrativa do que o imóvel usado!


3.    Considere as questões e necessidades familiares

Ao iniciar sua procura pelo primeiro imóvel, coloque no papel todas as necessidades, já que esse será um investimento que levará para sua vida. Logo, é importante que você considere todas as necessidades.


Veja alguns exemplos em casos de compra de uma casa:

·         Linear ou 2 andares;

·         Garagem;

·         Condomínio;

·         Piscina;

·         Facilidade de transporte;

·         Distância do comércio;


E para apartamentos:

·         Prédios com até 03 andares;

·         Prédios acima de 04 andares;

·         Elevador;

·         Área de lazer (piscina, salão de festas, área de convivência);

·         Segurança 24h;

·         Serviço de portaria;

·          Garagem;

·         Facilidade de transporte;

·         Distância do comércio.


Todos esses pontos devem ser considerados na hora de pesquisar para a compra do seu primeiro imóvel.


4.    Avalie criteriosamente toda a documentação do imóvel

Ao analisar todos os pontos sinalizados anteriormente, chegou o momento de analisar a documentação do imóvel escolhido. Comece pesquisando se o imóvel está seguindo todas as diretrizes legais, e talvez seja necessário contar com a ajuda de um advogado ou um corretor.


Veja os principais pontos que devem ser analisados:

·         Matrícula atualizada: é um dossiê do imóvel, que deve ser solicitada no Cartório de Imóveis da região;

·         Certidões;

·         IPTU e condomínio;

·         Registro junto à prefeitura da cidade.


Após essa análise, você terá ciência da real situação do imóvel, e se não tiver completamente regularizado, quais serão os custos necessários para a regularização. E assim conseguir um desconto no momento da compra junto ao vendedor!


Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!