Dicas

Como evitar o esgotamento comum ao trabalhar em casa

Designers e social media já a algum tempo trabalham de casa, sem a necessidade de um escritório, como algumas profissões, então já existem estudos sobre a melhor forma de focar no serviço levando em conta a saúde mental.



Muito cuidado! Esses sintomas podem se agravar, levando ao Burnout, que é a síndrome do esgotamento pessoal, então, se cuide e preste atenção nas dicas para que isto não ocorra.

1. Alimente-se bem

O delivery ficou muito famoso agora que é tão importante ficar em casa, assim, muitos recorrem a ele quando tem preguiça, cansaço, falta de tempo e muito outros motivos. Entenda não é problema pedir delivery, mas sim manter uma má alimentação, sem nutrientes e altamente industrializada. Vale mais a pena recorrer às marmitas com cardápio mais nutritivo, buscar por um restaurante que possua no menu mais frutas e vegetais ou então preparar o alimento em seu lar, do que se render as tentações e acabar sofrendo com fome oculta, que é quando você ingere o alimento, mas permanece com fome devido à falta de nutriente no corpo.


2. Exercite-se

Ah! Não se finja de surpreso, o exercício físico garante uma melhora no corpo e na mente, já que para a prática geralmente é necessário focar apenas na ação, oferecendo um período de descanso ao cérebro, além dos quase infinitos benefícios ao corpo como maior disposição, melhora da imunidade e saúde, auxilia no relaxamento, qualidade do sono, e por aí vai…


Pode ser sem sair de casa mesmo, descubra qual seu ritmo, pode ser yoga disponível em apps como yoga studio, Pocket Yoga para Android e IOS, a quem prefira aerohiit ou HIIT, disponíveis no Youtube, até app da Nike estão dispostos a te ajudar, basta apenas encontrar seu preferido.


3. Durma Bem

Para melhorar 360º da sua vida pessoal e profissional, é necessário ter boas noites de sono, mais do que diminuir no café, o sono regulado auxilia no foco, humor, aprendizado, diminui o estresse e muito mais.


É importante respeitar seu corpo, existem pessoas que necessitam mais tempo para descansar que outros, nem por isso vá dormir 4 horas da manhã para levantar as 6 da tarde viu.


4. Separe o pessoal do profissional

Separe o período para as responsabilidades pessoais, como cuidar das crianças, lavar louça, descansar, do tempo de serviço, tudo bem às vezes trabalhar um pouco a mais, mas quando o exagero mistura um com o outro, o cérebro tende a procrastinar e sobrecarregar, por isso, organize seu horário para melhor aproveitamento do seu tempo, assim seu descanso é mais efetivo e durante o trabalho, possuirá mais foco e empenho nas atividades realizadas.


5. Descanse

Não apenas ao fim da jornada de trabalho, mas durante o expediente é importante fazer pequenas pausas, vá ao banheiro, ande pela casa, troque o ambiente, mesmo que por 5 minutos. Seu corpo necessita de movimento e seu cérebro de descanso.


E no fim da jornada, evite pensar sobre o trabalho, se possível saia de perto da estação de trabalho e faça coisas que não sejam relacionadas ao serviço em questão.


6. Comunique-se com alguém

Esta pandemia já mostrou o quanto necessitamos do outro, sentimos saudades dos familiares, amigos, colegas de serviço, namorados. Para evitar a solidão, ligue para seus amigos, seus parentes, um oi, uma chamada em vídeo fazem muita diferença. Assim como precisamos do outro, o outro também precisa de nós.


7. Entenda seu tempo e seus limites

Pode ficar tranquilo, ninguém é o Rambo do Home Office, todos temos dificuldades e avançamos em períodos diferentes, não é porque seu colega de serviço aparentemente está melhor que você, que é motivo de desespero, cada um possui seu tempo e necessitamos seguir nosso caminho para compreender nossa rotina e o modo de trabalho.